Novembro azul e os direitos trabalhistas dos homens

Passado o popular Outubro Rosa, chega a hora de pensar nos homens, com o Novembro Azul.


Esse mês de novembro é popular por ser um mês de conscientização. Afinal, somente no Brasil, o câncer de próstata é a causa de morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas. Os tabus refletem no diagnóstico precoce da doença, que sendo descoberta no início tem chances de cura superiores a 85%.


O homem que possui a doença, deve ser buscar uma rede de apoio para lidar com esse momento delicado, podendo ser dos seus familiares, amigos e até no ambiente de trabalho.


Quais os direitos trabalhistas dos homens?


  1. Aposentadoria por invalidez em caso de inaptidão definitiva para o trabalho

  2. Auxílio-doença, por inaptidão temporária

  3. Saque do FGTS, incluindo a conta do contrato atual de trabalho.

  4. Isenção de impostos, deve ser verificado conforme as condições da doença.

  5. Tratamento pelo SUS, inclusive de locomoção, caso necessário, entre estados ou municípios.

  6. Sigilo médico: o empregador que já finalizou um tratamento, não é obrigada a divulgar sua condição de saúde em novos processos seletivos.

Porém, é fundamental que o empregador forneça solidariedade agora, iniciando com a flexibilização das condições de trabalho, equilibrando a rotina de tratamento.


O câncer de próstata é uma doença que envolve muitos tabus para realização dos exames de diagnóstico.

Sendo este precoce, as chances de cura são superiores a 85%.

Afinal, cuidar da saúde também é coisa de homem.

Compartilhe esse conteúdo com um homem importante para você!

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo