Como processar a empresa que eu trabalhei?

Antes de falar em processo, é importante conhecermos um pouco mais sobre as leis trabalhistas, que foram consolidadas em 1943, com o objetivo de regulamentar as relações do trabalho urbano ou rural.


A CLT (Consolidação das Leis do Trabalho - CLT) é uma legislação que atende à necessidade de proteção do trabalho, dentro do contexto de regulamentação do estado.

Para beneficiar o empregador e o próprio trabalhador, assim, cada um sabe dos seus deveres e obrigações.


Para quem vale os direitos trabalhistas?


Os direitos trabalhistas valem para aqueles que possuem o regime de CLT, ou seja, os celetistas, aqueles que têm carteira de trabalho assinada.


Caso não possua, não há vínculo empregatício ou contemplação dos direitos.



Quais são os principais direitos trabalhistas?


Os principais direitos trabalhistas garantidos para os colaboradores, são:


  • 13 salário:

  • FGTS

  • Hora extra

  • Adicional noturno

  • Licença maternidade / paternidade

  • Férias

  • Seguro desemprego


E no caso de trabalhadores bancários, ainda há uma série de direitos especiais para a classe. Caso queira saber os principais, você pode baixar o nosso Manual Direitos dos Bancários para entender melhor, basta clicar aqui.


Para trabalhadores PCD, também há um regime especial.


Na condição de desrespeito das leis, o colaborador pode pedir seus direitos na justiça.

Geralmente, isto acontece depois do contrato de trabalho encerrado. Mas a legislação não impede que o trabalhador ainda esteja empregado.


Outro ponto importante, é saber se é a hora certa.


Como saber se é a hora certa?


Dependendo da situação, apenas o instinto e as informações veiculadas na internet, podem te ajudar.


Porém, a ajuda de um profissional da área pode ser uma boa solução.


Aqui no Pamplona e Honjoya, você pode falar com um dos nossos advogados especialistas sem pagar nada por isso. E tirar todas as suas dúvidas.


Basta deixar o seu contato aqui





Outra opção, é a modalidade de direito preventivo (onde a assessoria jurídica assume um papel de prevenir qualquer possível risco e busca maneiras eficazes de controlar).


Já me decidi. Quero processar a empresa que trabalhei.


Neste caso, é ideal que você conte com um advogado da sua confiança.

Antes de entrar, é necessário verificar se é válido ou não o esforço.


Além disso, um processo trabalhista envolve diversas fases e estar sozinho entre elas, não te deixa em vantagem.


Entre em contato conosco e tire suas dúvidas. Não deixe seus direitos de lado.




34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo